sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Entrevista com José Miguel Neto, fotógrafo e criador do Projeto_EmCasa

                      Displaying perfil.jpg

Galerinha a entrevista de hoje é com o Neto, ele é um fotógrafo daqui de Tupã, estudante da UNESP e atualmente está trabalhando no projeto_emcasa.
Com a entrevista, vocês poderão saber um pouco mais sobre ele e sobre o projeto em si.


"A vida universitária é um porto de passagem. Marca, ao mesmo tempo, a alforria da vida em família e o desenvolvimento da vida social com os amigos que a vida traz nesta etapa. Nesse lugar de passagem pessoas vêm e vão a todo instante, sempre com o forte ideal de liberdade que só essa etapa da vida
proporciona. O projeto_emcasa é um registro fotográfico dessa fase da vida universitária onde registro, na minha própria casa (dando nome ao projeto) pessoas com as quais convivi e convivo em Tupã/SP". - Neto



UT - Quando surgiu o seu interesse pela fotografia? Ou o seu primeiro contato?

Neto: Não sei ao certo quando foi. Mas sempre fui o “fotógrafo” da turma, registrando os encontros e festas de forma muito amadora, nem sabia o que eu estava fazendo, e com uma daquelas câmeras compactas mesmo. O tempo foi passando e fui me interessando mais por fotografia e, no início, especificamente em fotos de shows, de bandas que eu gostava. Depois de um tempo, ganhei uma câmera um pouco melhor que a primeira, mas ainda compacta. E foi com ela que comecei a fotografar mesmo. Com essa câmera, cheguei a fazer alguns eventos e ensaios, bem amadores, na minha cidade e região. Com a grana que eu fiz com esses trampos, e junto com uma grana que eu tinha guardado, comprei minha câmera atual e não parei mais de fotografar tudo. A partir disso, comecei a fuçar mais em sites e blogs sobre fotografia, photoshop etc. Também vi muita foto, passava um tempo olhando as fotos dos fotógrafos que eu  admiro. Como sou autodidata, esses blogs e essas fotos me ajudaram, e ajudam até hoje, a entender como funciona tudo.

UT - O que você mais gosta de fotografar?


Neto: Sempre me perguntam isso e a resposta é perceptível quando acessam meu flickr ou facebook: o que mais amo é fotografar pessoas. Amo os retratos.Desde o começo chamava as amigas pra testar alguma coisa nova que aprendi em algum lugar.

UT - Explique como funciona o Projeto Em Casa, como surgiu a ideia e qual a finalidade.

Neto: Esse projeto nasceu de uma necessidade e uma vontade que eu estava de fotografar aqui em Tupã. Sempre fotografo mas na minha cidade, porque todo meu equipamento ficava lá. Esse semestre, fiz questão de trazer minha câmera pra cá e fotografar mais, sair da zona de conforto de não fotografar em Tupã e só fazer isso quando voltava para minha cidade. A partir disso, percebi que, indiretamente, eu tinha uma nova vida aqui em Tupã. Novas pessoas e novos amigos e, uma hora ou outra, isso vai acabar, a faculdade acaba e cada um segue sua vida. Surgiu então a ideia de registrar, em casa, algumas das pessoas com quem eu convivo na cidade.

UT - O resultado está saindo como esperado?

Neto: Para minha felicidade, está saindo até melhor do que eu imaginava. Estou conseguindo fotos bem interessantes com o projeto. E o mais interessante de tudo isso, e que analisei posteriormente, é que cada foto representa exatamente a imagem que eu tenho daquela pessoa na minha cabeça, e exatamente como
eu vou lembrar dela. Estou tentando transmitir a personalidade de cada pessoa que conheci através dessas fotos.

UT - Quem pode participar? Ou você que escolhe as pessoas?

Neto: A princípio comecei fazendo com os amigos mais próximos. A partir disso, comecei a convidar algumas pessoas da faculdade que eu tinha certo contato e que, além disso, eu já imaginava a foto da pessoa na minha cabeça. Ou seja, o critério não é muito bem definido haha. Mas sempre chamo as pessoas com quem tenho pelo menos um contato, e que na sessão de fotos, eu tenha liberdade para dirigir cada um deles. Outra coisa interessante é que o projeto também funciona como uma integração, conhecendo melhor cada pessoa.

UT - Você trabalha somente com fotos em preto e branco, por quê? E o que diferencia uma foto em preto e branco de uma colorida?

Neto: Então, trabalho com fotos coloridas sim, nos trabalhos “normais”. Mas no projeto_emcasa decidi usar somente foto preto e branco, inspirado por projetos de outros fotógrafos, que só utilizaram dessa forma. Acho o preto e branco uma linguagem mais poética.

UT - Atualmente está só com o projeto em casa ou tem outros?
Neto: Projeto mesmo só esse por enquanto. Além disso, fotografo eventos e books sempre que volto para minha cidade. Mas esse projeto serviu para abrir minha cabeça para muitas coisas e ideias novas.


             Displaying IMG_8262.jpg     

                                                                     


Para quem se interessou pelo trabalho do Neto, segue abaixo os links:
blog do projeto: projetoemcasa.tumblr.com
portfólio: flickr.com/netaao
fanpage: facebook.com/neto.foto

Espero que tenham gostado!

('   Káh)

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

• Deixe suas críticas e sugestões, obrigada desde já! ;)

Related Posts with Thumbnails