domingo, 31 de julho de 2011

Entrevista: Banda AUSTINE

Oi Galerinha, estive meio ausente mas voltei com uma entrevista super especial com a Andy da Banda AUSTINE. Eles são lá do Sul, mais precisamente de Joinville/SC. E estão lutando pelo seu reconhecimento ai. Mas vou deixar que a própria Andy conte mais sobre a banda para vocês. Espero que curtam! :)

VMT- Há quanto tempo estão na estrada?
Andy: Bem, com o nome Austine estaremos completando agora em julho apenas 1 ano de banda, no entanto eu, o Paulo (guitarrista) e o Rogério (baterista) já estamos juntos há mais ou menos uns 6 anos. Quando eu entrei na banda, era uma outra formação, com mais 2 integrantes, os meninos faziam cover apenas de Guns N'Roses. Aí com o passar de alguns meses mudamos o nome da banda para Unknown, pois precisávamos ter uma identidade própria da banda. Fizemos bastante shows com esse nome, mas a partir do momento que resolvemos amadurecer as nossas idéias a respeito de música própria, foi decidido que mudaríamos o nome, pois já haviam algumas bandas com o nome de Unknown, sem contar que era um nome complicado escrever e de pronunciar.

VMT- Quando surgiu a idéia de formar uma banda?
Andy: A idéia de formar uma banda surgiu há uns 9 anos atrás, partiu do guitarrista Paulo Lima e do seu irmão Anderson Lima, o qual foi guitarrista da extinta Guns n’ roses cover e baixista da também extinta Unknown, atualmente o Anderson é o nosso produtor. A idéia da banda a princípio era apenas se divertir tocando músicas do Guns N’Roses.

VMT- Você canta desde pequena?
Andy: Sim, desde pequena eu adorava ficar cantarolando por todos os cantos! Mas claro, como uma brincadeira, eu nunca tinha participado de shows de talentos ou algo do tipo. Aos 13 anos surgiu essa oportunidade de eu entrar para a banda dos meninos (cover de Guns), não pensei duas vezes! A música sempre foi algo que eu amei muito, lembro claramente que desde pequena cantar era um dos meus passatempos favoritos.

VMT- Como foi para escolher o nome da banda?
Andy: Foi um pouco complicado, pois há um bom tempo nós estávamos querendo mudar o nome, mas tudo aconteceu no momento certo! Nós procurávamos por algo que lembrasse o vocal feminino, um nome fácil e marcante, foi aí que eu decidi apelar para um dicionário de nomes femininos e acabei achando Austine, achei muito legal esse nome e o significado, o qual remete à algo “maravilhoso”.

VMT- Como é para você ser a única menina da banda? Rola muita briga entre vocês?
Andy: É muito tranquilo! Me dou super bem com os meninos, eles são muito queridos e atenciosos. Nós nunca brigamos, só de vez em quando rola umas briguinhas entre eu e o Paulo, porque além de parceiros de banda somos namorados também! Mas nada de mais, haha, afinal temos que ser profissionais.

VMT- Qual foi o show mais marcante na carreira de vocês?
Andy: Acredito que o show mais marcante pra gente foi o nosso primeiro show. Eu tinha apenas 14 anos e nunca tinha cantado para um público antes. Nesse show o público era de aproximadamente 2.500 pessoas, meu pai mandou filmar tudo e eu nem sabia de nada, depois ele fez uma grande surpresa pra gente!

VMT- Como se conheceram?
Andy: Primeiramente eu conheci o Anderson (o qual já citamos que integrou a nossa banda e hoje é o nosso produtor) através da internet, eles estavam procurando uma vocal para a banda e aí marcamos um teste. Foi neste teste que conheci o Paulo e o Rogério também. Já o Paulo e o Rogério já se conhecem desde a infância e são grandes amigos desde aquela época, pois são vizinhos.

VMT- Como define o som de vocês?
Andy: Nós definimos o nosso som como Rock mesmo, sem rotulações pelo fato de buscarmos influências em vários estilos musicais dentro do rock. Nas nossas músicas próprias nós mesclamos influências de bandas antigas com bandas de rock atuais e assim criamos o nosso som.

VMT- Quem escreve as músicas?
Andy: O Paulo (guitarrista) é quem compõe grande parte de nossas músicas, eu também escrevo, e às vezes a gente também compõe em parceria.

VMT- O que você acha do espaço que é dado ás bandas independentes atualmente?
Andy: Bem, eu acho que o cenário do rock no Brasil aos poucos está começando a dar mais oportunidades para as bandas novas, mas ainda está bem complicado. A maioria das casas de shows preferem que as bandas toquem covers pelo fato de as pessoas não estarem muito abertas a conhecerem novos trabalhos, pelo menos isso acontece bastante aqui no Sul.

VMT- Se pudessem dividir palco com algum artista, quem seria?
Andy: Nossa, nós gostamos de muitas bandas. Quando se trata de banda nacional, nosso grande sonho é dividir o palco com a Pitty. Agora sonhando alto com bandas internacionais, gostamos muito do Metallica, Aerosmith, Foo Fighters, Joan Jett, Avenged Sevenfold, nossa, entre muitas outras...haha!

VMT- Deixe um recadinho para os fãs da banda.
Andy: Agradeço aqui em nome de toda a banda pelo carinho que estamos recebendo de fãs de todo o Brasil, ficamos muito felizes em saber que há muitas pessoas que se identificam com as nossas músicas pelo país todo! Esperamos em breve estarmos com o nosso cd em mãos para começarmos a divulgar em grandes capitais e começarmos a fazer shows fora de SC. Bem, enquanto isso não acontece, fiquem sempre ligados no nosso twitter @austineoficial e nos outros links de redes sociais, pois sempre há novidades pitando por aí! Sem contar nos sorteios que sempre realizamos. Muito obrigada a Káh, que é superrr querida e nos deu esta oportunidade de todo mundo conhecer mais sobre a gente! Grande beijo à todos! See u rockers! ;*

Aqui vou deixar os links da banda para poderem conhecer melhor o trabalho deles. :)

  • Site: www.austine.com.br
  • Twitter: www.twitter.com/austineoficial
  • Facebook: www.facebook.com/austineoficial
  • Youtube: www.youtube.com/user/austineofficial
  • Orkut e comunidade: Banda Austine

Clipe da Banda:




(' Káh)

Um comentário:

  1. ate q enfim vc voltouuu!!!

    estava c sdd do seus post..........beijos

    Jackie/SP

    ResponderExcluir

• Deixe suas críticas e sugestões, obrigada desde já! ;)

Related Posts with Thumbnails