segunda-feira, 28 de março de 2011

Entrevista: Banda CARTA



Oi Galerinha, hoje vocês vão conhecer a banda Carta, que está lutando pelo seu espaço. A banda tem um som bem bacana e merecem ser ouvidos.
A banda é formada pelo Rafa no vocal e guitarra, pelo Cado no baixo, e pelo Lucas na bateria. Quem respondeu ás perguntas foi o Rafa, sendo super atencioso como sempre, espero que curtam a entrevista:


VMT- É um mínimo curioso o nome da banda, porque escolheram o nome CARTA?
Rafa: O nome da banda vem da seguinte analogia. Uma banda e uma carta são, na verdade, bem parecidas. São enviadas para alguém que espera o seu conteúdo. Quando a banda está no palco é como se a carta fosse aberta, e todo seu conteúdo fosse entregue ao seu público.

VMT- Há quanto tempo estão na estrada?
Rafa: Como CARTA, há dois anos.


VMT- Qual foi o show mais marcante para vocês?
Rafa: Não houve um show que fosse melhor. A diferença entre um bom show e de um excelente é a energia do público. Quando o público está entregue e sabe cantar todas as músicas da banda o céu é o limite.

VMT- Quem escreve as músicas?
Rafa:Todos as músicas da banda foram escritas por mim. Mas vale a pena ressaltar a grande contribuição do Cado Curth e do Lucas Giorgetta nos arranjos e na produção das canções. A qualidade musical de cada um é o que define a CARTA.

VMT- Como vocês se conheceram?
Rafa:Eu e o Cado Curth como da pra ver pelo sobre nome somos irmãos, o Lucas Giorgetta foi escolhido a dedo praticamente. Quando mudamos para Porto Alegre precisavamos de uma baterista urgente, procuramos e testamos várias pessoas até que vimos um vídeo na internet e descobrimos o "Lucas". Depois da primeira música no primeiro ensaio já sentimos a química perfeita.

VMT- O que acha do espaço que é dado para as banda independentes atualmente?
Rafa:
Essa é uma pergunta difícil. O mercado independente pra mim não existe, todas as bandas que se denominam "indie" deveriam se chamar "dependentes", ou "deppie", porque dependem muito do respaldo do público, de investimento de empresários que na maioria das vezes não existem, e tem poucas rádios que aceitam tocar as suas músicas. Acho que a única artista realmente independente é a Ivete Sangalo, que pode fazer o que quiser que todos os veículos de mídia querem ela em sua programação, o resto mata um leão por dia, mas o mais importante é que o som nunca pode parar.

VMT- Alguns de vocês já tiveram outra banda antes da Carta?
Rafa:
Sim, eu passei por várias bandas até que decidir fundar a CARTA. O Lucas Giorgetta também tocou com várias bandas, mas o Cado Curth só teve um amor em sua vida musical: a CARTA.

VMT- Há quanto você canta
?
Rafa: Canto desde pequeno, mas comecei na música como guitarrista, papel que desempenho até hoje na CARTA com muito carinho. A guitarra foi a minha primeira paixão e o canto foi algo natural, que me traz muita satisfação hoje em dia junto à composição.

VMT- Como você define o som da Banda Carta?
Rafa: Novo pop rock nacional.

VMT- Qual foi a coisa mais louca que uma fã fez por você ou para algum de vocês?
Rafa: Acho que a maior loucura foi uma carta cem metros com milhares de "Eu te amo", depois de tantos "Eu te amo" é impossível não se sentir amado. (risos)

VMT- Aqui é o seu espaço, acrescente o que quiser algo legal que a galera devia saber.
Rafa: Bom, meu recado é: Seja você mesmo e não venda fácil o que não tem preço, a sua opinião.

VMT- E para finalizar deixe um recadinho para os fãs da banda.
Rafa: Adicionem nossos contatos e façam parte da nossa família. Nos vemos nos shows!



www.myspace.com/bandacarta
www.youtube.com/cartaoficial
www.twitter.com/cartaoficial
Messenger: bandacarta@hotmail.com
Comunidade no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1911377
Facebook: cartaoficial

Bom Galerinha, deu para ver que a Banda Carta tem sucesso e então vamos dar uma força para eles, eles merecem muito!

Espero que tenham gostado,

(' Káh)

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

• Deixe suas críticas e sugestões, obrigada desde já! ;)

Related Posts with Thumbnails